Associado JCI
Joint Commission

Notícias


foto : Roberto Assem

18/09/2017
Hospital Alemão Oswaldo Cruz presta consultoria de saúde para empresas com ajuda de aplicativo

A partir de um projeto de boas práticas de saúde para colaboradores internos, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo, desenvolveu uma plataforma digital que está sendo usada para o mesmo fim em outras empresas. O aplicativo Sabes (Saúde e Bem-Estar Sempre) é a base do programa Gestão de Saúde Populacional (GSP), com o qual a instituição vem prestando consultoria no ramo empresarial.

Segundo o gerente de saúde populacional da unidade, Henrique Serra, o projeto nasceu em 2009, com o objetivo de cuidar da saúde dos colaboradores do hospital e, consequentemente, promover o controle de gastos. Com o sucesso da iniciativa, em 2015, empresas começaram a demonstrar interesse na ideia, e uma adaptação do programa para outros tipos de negócio passou a ser estruturada. "Este ano, estamos abrindo o mercado, para atender a essa demanda para valer", explica.

O GSP incentiva a pessoa a gerir a próprio bem-estar e, consequentemente, sua saúde. Sendo assim, o colaborador deve baixar o aplicativo Sabes no celular, onde serão registrados hábitos de vida, histórico médico e consumo de medicamentos, por exemplo. Estas informações são tratadas em uma plataforma digital e integradas a outros dados obtidos da conta médica, informações da Medicina Ocupacional e servem de base à consultoria do GSP do Hospital Alemão para a estruturação de um plano de ação customizado de políticas de saúde.

"A plataforma funciona como uma caderneta de saúde que permite o estabelecimento de programas de prevenção de saúde dos níveis primário ao quaternário. É possível tanto impedir que alguém tenha algum problema através de algoritmos preditivos e diminuição de riscos em saúde quanto agir no sujeito que está internado ou muito debilitado", diz o gerente. "O resultado disso é a otimização na utilização de recursos de saúde com consequente economia na conta, além de outros resultados importantes como melhoria nos índices de absenteísmo, aumento de produtividade e clima organizacional, por exemplo", afirma.

Embora o GSP não seja encarado como um projeto assistencial, todo ele foi desenhado conforme protocolos de segurança e confidencialidade contidos no manual de acreditação da Joint Commission International (JCI). "Ele está alinhado à experiência do paciente e à qualidade. Temos um rigor muito grande dentro do hospital, e essa cultura foi levada para o aplicativo", sinaliza Henrique Serra.

<< Voltar

Desenvolvimento Digital Net